Pesquisar:







banner_yoga_pro_br

Cursos e eventos

Votos para 2013, poema de Rabindranath Tagore
Dharmabindu
30-12-2012


Prece

Que a minha prece seja, não para ser protegido dos perigos, mas para não ter medo de enfrentá-los.

Que a minha prece seja, não para acalmar a dor, mas para que o coração a conquiste.

Permita que na batalha da vida não procure aliados, mas as minhas próprias forças.

Permita que não implore no meu medo ansioso por ser salvo, mas que aguarde a paciência para conquistar a minha liberdade.

 Rabindranath Tagore, poeta indiano.


A cada ano fazemos deste poema os nossos desejos para o ano seguinte e em todos os anos que se sucederem para cada um.


Partilhe este artigo: 
| Mais


 

 



Desenvolvido por pontodesign  
 X