Pesquisar:







banner_yoga_pro_br

Practice

Um mantra com significado
Miguel Homem
15-11-2010


Como técnica, qualquer palavra serve para o propósito da concentração e disciplina mental, mas japa é mais do que a simples repetição de uma palavra sem sentido e sem significado.


Se o som utilizado não tem qualquer significado, não chega a ser uma palavra porque não comunica nada. Como o ser humano é, regra geral, um ser racional, não levaria muito tempo até questionar uma disciplina diária que mantém repetindo algo sem sentido.

Por outro lado, se é uma palavra, automaticamente remete para o seu significado. Neste sentido, a palavra escolhida torna-se relevante em função do significado. Se a palavra for bola a minha mente não se ocupará com mais nada do que com uma bola, o objecto associada à palavra. É impossível separar a palavra do seu significado.

Importa por isso, escolher uma palavra que remeta para o todo - Íshvara. Assim, surgem os nomes como Ráma, Shiva, Ganesha, Lakshmi, Sarasvati... Todos apontam para o todo e para nenhum objecto em particular. O facto de não apontarem para um objecto em particular evita as associações no pensamento comuns às outras palavras.


Leia também os textos Uma forma para Íshvara e O indivíduo e o todo - o bhakta


Share this article: 
| More


 

 



Desenvolvido por pontodesign  
 X