Pesquisar:







banner_yoga_pro_br

Practice

Samavritti Pranayama, a respiração simétrica
Pedro Kupfer
10-11-2011


Esta seqüência de ciclos respiratórios, que alterna retenções com e sem ar com ciclos de respiração completa sem retenções, tem a virtude de aquietar o pensamento. 

1. Faça três respirações completas sem retenções.
2. Faça três respirações com bahya kumbhaka, retenção sem ar nos pulmões.
3. Faça três respirações com antar kumbhaka, retenção com os pulmões cheios.
4. Faça três respirações completas sem retenções.
5. Aqui você completou um ciclo. Reinicie e faça mais nove.

Algumas dicas:

1. Comece a inspiração enchendo os pulmões de cima para baixo, expandindo primeiro a região sub-clavicular, e levando posteriormente o ar para a região intercostal e a região do plexo solar.
2. Comece a espiração esvaziando os pulmões de baixo para cima, recolhendo o abdômen, a região das costelas e, finalmente, a parte mais alta dos pulmões.
3. Mantenha o mula bandha, elevação do assoalho pélvico, e o uddiyana bandha, recolhimento suave do baixo ventre, durante todo o tempo que o pranayama durar.
4. Ao fazer as retenções com os pulmões cheios e vazios, acrescente ainda khechari mudra, a contração da língua, e jalandhara bandha, a contração da garganta.
5. Observe seus pensamentos, sem reagir perante as eventuais mudanças na paisagem interior.
6. Boa prática!


Pedro Kupfer, 2006.


Share this article: 
| More


 

 



Desenvolvido por pontodesign  
 X